Federação Portuguesa de Tiro

Pesquisar no site

  • ISSF

  • IPSC

  • MLAIC

  • WTFT

  • erabsf

Calendário 2019
  «   Novembro Dezembro Janeiro Fevereiro  » 
s.
t.
q.
q.
s.
s.
d.
4
11
18
25
5
12
19
26
6
13
20
27
7
14
21
28
1
8
15
22
29
2
9
16
23
30
3
10
17
24
31


Você está aqui » home » Federação + » História
História


O tiro desportivo integra o calendário dos jogos olímpicos desde a sua primeira versão da era moderna.

Em alguns países, o tiro desportivo inclui o tiro com bala e o tiro com armas de caça. Em Portugal, existem duas federações distintas, sendo o tiro com bala representado pela Federação Portuguesa de Tiro. Por razões históricas, maioritariamente relacionadas com situações de instabilidade política geradas pelos grandes conflitos mundiais, o tiro desportivo esteve inicialmente muito ligado à actividade castrense, como uma forma complementar de preparação dos cidadãos para a defesa do país.

Progressivamente, foi-se autonomizando e criando as suas próprias raízes como modalidade desportiva. Contudo, antes da I Guerra Mundial, um embrião de actividade federativa, a “União dos Atiradores Civis” , criada em 1898. Posteriormente, em 1916, aparece a “Federação do Tiro Nacional Português” e finalmente, em 1948, a “Federação Portuguesa de Tiro”, designação que mantém actualmente. A ligação ao Exército que referi teve certamente aspectos positivos, mas transportou consigo alguns aspectos negativos, nomeadamente a utilização sistemática de Carreiras de Tiro Militares, que levou a que não houvesse a preocupação de construir infraestruturas próprias, uma falta de que ainda hoje sofremos as consequências.Por outro lado, estando o tiro desportivo de certo modo tutelado pelo Estado e pelas suas organizações políticas durante todo o período do Estado Novo, não houve igualmente um esforço próprio de formação, o que também teve consequências negativas.

De há alguns anos para cá tem vindo a fazer-se um grande esforço de recuperação, que se pode considerar que tem sido bem sucedido, se pensarmos que se trata de um novo arranque da modalidade. Na realidade, o tiro desportivo tem hoje componentes bem definidas de formação, de desenvolvimento desportivo e de alta competição, e tem mesmo conhecido alguns êxitos internacionais, incluindo campeões europeus e mundiais em espingarda e pistola. Em finais de 2006, a FPT tinha cerca de 11.000 filiados, distribuídos por 70 Clubes.

Estamos confiantes no futuro e pensamos que os Clubes, que são os principais obreiros do sistema desportivo federado, saberão interpretar a sua missão e levar a modalidade a bom porto.


História - Atiradores Portugueses nos Jogos Olímpicos






















Estocolmo 1912
















Antuérpia 1920Hermínio Rebelo







António dos Santos







António Andréa Ferreira







António A. da Silva Martins







Darlo Canas







António Montez
























Paris 1924António A. da Silva Martins

Pistola 25 mts






Francisco Paulo Mendonça






António Montez


30º



António Andréa Ferreira


40º



António A. da Silva Martins

Carabina 50 mts


20º



Francisco Paulo Mendonça


49º



António Andréa Ferreira


55º



Francisco António Real


62º



António Andréa Ferreira

Armas Livres 600 mts


57º



Dário Canas


62º



Francisco António Real


79º



Manuel Silva Guerra


71º



Dário Canas

Armas Livres (400, 600, 800 mts)


70º



Manuel Silva Guerra


75º



António Andréa Ferreira


76º



Félix Bermudes


84º



Francisco António Real


85º











Amesterdão 1928

















Los Angeles 1932Rafael Afonso de Sousa

Pistola






José Maria Andréa Ferreira






Francisco António Real

Carabina






Manuel Silva Guerra


20º



José Maria Andréa Ferreira


23º











Berlim 1936Alberto Anderssen Júnior

Pistola automática 25 mts


1ª elimin.



Joaquim Ferreira da Mota


1ª elimin.



Carlos Machado Queiróz


1ª elimin.



Moysés Cardoso

Pistola precisão 50 mts


40º



Eduardo Santos

Carabina 50 mts


15º



Carlos Machado Queiróz


23º



Francisco António Real


59º











Londres 1948José Maria Andréa Ferreira

Pistola automática 25 mts


22º



Carlos Machado Queiróz


54º



Moysés Cardoso


55º



Moysés Cardoso

Pistola precisão 25 mts


42º



Carlos Machado Queiróz


46º



Abílio Gonçalves Brandão

Carabina 50 mts


57º



Carlos Machado Queiróz


63º



José Rodrigues da Silva


66º











Helsínquia 1952Rogério Castro Tavares

Pistola automática 25 mts


21º



Albino Paulino Jesus


44º



Luís Fernando Howorth

Carabina 50 mts


31º



Joaquim Ramalho Sampaio


37º











Melbourne 1956Rogério Castro Tavares

Pistola 25 mts


49º



António Gentil Martins


50º



António Jorge

Pistola 50 mts


36º



André Antunes


54º



César Baptista

Pequena carabina CD 50 mts


30º



Roque da Silva


35º



António Fial Tavares

Carabina 3Posições 50 mts


59º



Pereira da Silva


65º

 
   Roma 1960       André Antunes                                                      Pistola 50m          54º

       António Jorge                                                      Pistola 50m          36º

       César Baptista                                                      Carabina Deitado 50m          57º

       Fial Tavares                                                      Carabina 3 Posições 50m                         57º

       Gentil Martins                                                      Pistola Automática 25m          50º

       Pereira da Silva                                                      Carabina 3 Posições 50m          64º

       Rogério Tavares                                                      Pistola Automática 25m          49º

       Roque da Silva                                                      Carabina Deitado 50m          71º




   Tóquio 1964       José carpinteiro                                                      Pistola Automática 25m          45º

       Manuel Correia Costa                                                      Carabina Deitado 50m          58º




   Munique 1972       André Antunes                                                      Pistola 50m          55º

       André Antunes                                                      Pistola Automática 25m          36º

       César Baptista                                                      Carabina 3 Posições 50m          61º

       César Baptista                                                      Carabina Deitado 50m          90º

       Mário Ribeiro                                                      Carabina 3 Posições 50m          63º

       Mário Ribeiro                                                      Carabina Deitado 50m          92º




   Los Angeles 1984       Francisco Neto                                                      Pistola de Velocidade 25m          20º

       Isabel Chitas                                                      Pistola 50m Feminino          15º

       José Pena                                                      Pistola 50m          39º

       José Pena                                                      Pistola de Velocidade 25m          42º




   Barcelona 1992       Carla Ribeiro                                                      Carabina 10m          26º




   Atlanta 1996       Carla Ribeiro                                                      Carabina 10m          48º

       Carla Ribeiro                                                      Carabina 3 Posições 50m          32º

       Sara Antunes                                                      Carabina 10m          47º

       Sara Antunes                                                      Carabina 3 Posições 50m          29º




   Sydney 2000       João Costa                                                      Pistola 10m            7º

       João Costa                                                       Pistola 50m          27º




   Atenas 2004       João Costa                                                      Pistola 10m          17º

       João Costa                                                      Pistola 50m          12º




   Pequim 2008       João Costa                                                      Pistola 10m          17º

       João Costa                                                      Pistola 50m          32º




   Londres 2012       João Costa                                                      Pistola 10m            7º

       João Costa                                                      Pistola 50m            9º

       Joana Castelão                                                      Pistola 10m          15º

       Joana Castelão                                                      Pistola 25m          33º















contactos

Rua Luís Derouet, N.º 27 – 3.º Esq
1250-151 LISBOA
Tel.- +351 21 387 45 94 / 21 387 47 89
Fax - +351 21 385 96 06
Email: fptiro@fptiro.net
Consulte aqui a previsão do Tempo

Loja FPT